terça-feira, 12 de julho de 2011

Te espero


Tempo
Pode passar como quiser
Rápido ou lento
Conforme suas intenções.
Não vou reclamar.
Quando você for vencido pelo sentimento
Ganharei um forte e demorado
Abraço de saudade:
A melhor de todas as recompensas
Por esperar,
Embora não sem dor,
Porém sem qualquer dúvida
Da força desse amor.

9 comentários:

  1. Olá! Adorei seu blog, muito criativo! Também tenho um blog e gostaria que vc desse uma olhada. O endereço é: http://www.criticaretro.blogspot.com/ Passe por lá! Lê ^_^

    ResponderExcluir
  2. muito legal , bem criativo gostei muito ,, se puder da uma conferia no meu blog ..

    ResponderExcluir
  3. ótimo blog, muito criativo e os textos são ótiimos.! estou te seguindo... espero que me siga também.!

    beeiijos.'
    Mayara Andrade :*

    ResponderExcluir
  4. Fantastico esse pequenino poema. Um enorme beijinho para ti,tem uma excelente sexta-feira!!

    ResponderExcluir
  5. Olá! Lí um texto seu a algum tempo e fiquei assustado com a qualidade, pelo jeito vc continua com muito talento.

    Muito bonito e bem feito o poema. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  6. Um blog muito criativo e bem á medida dos meus interessses.

    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Belo poema, exprime muito do que eu, por vezes senti. É muito da espera cega, surda e muda do amor. É um sofrimento sem comparação com uma recompensa sem precedentes.
    Gostei do seu blog e sigo.
    Gostaria de te convidar a seguir o meu também. Ficaria honrada com a sua visita, então te espero lá (:
    Ana Pontes

    http://asoleneanapontes.blogspot.com/

    ResponderExcluir